LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS

Webinar orienta empreendedores sobre adequação à LGPD

Iniciativa reuniu experts no assunto com o objetivo de esclarecer e apresentar caminhos para que os donos de pequenos negócios possam se adequar à lei, em vigência desde agosto do ano passado

Muito tem se falado sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A legislação que entrou em vigor no Brasil em agosto de 2020 ainda tem causado dúvidas. Pensando nisso, o Sebrae no Distrito Federal promoveu na noite da última quarta-feira, 25 de agosto, um webinar com o objetivo de desmistificar a legislação, apresentando caminhos para que os donos de pequenos negócios possam se adequar à lei com segurança e mantendo a qualidade de seus negócios.

A extensa quantidade de dados que circulam é capturada e armazenada diariamente pelos meios digitais e isso tornou a proteção das informações pessoais uma medida necessária.  Por trás de cada dado há uma pessoa, um indivíduo que pode ser um cliente em potencial, por isso os dados são tão importantes e atualmente considerados como o novo petróleo das relações de mercado. O mau uso dos mesmos são uma ameaça à segurança dos seus proprietários. Diante dessa realidade, e após mais de 10 anos de discussões no Congresso Nacional, a LGPD entrou em vigor para regularizar o uso dos dados e proteger os proprietários dessas informações.

O superintendente do Sebrae no DF, Valdir Oliveira, reforçou a necessidade de micro e pequenos empresários se adequarem às novas regras e estarem atentos às possibilidades de crescimento que o mundo digital e a LGPD podem oferecer. “Conversar sobre o mundo digital e a LGPD é fundamental. O mundo mudou e é importante sabermos usar esses novos métodos para alavancar nossos negócios. Desmistificar a LGPD é essencial para compreender que não basta se adequar à nova legislação, mas é preciso entender as regras e falar de novos conceitos, de novas oportunidades de mercado. Nós do Sebrae estamos oferecendo capacitações gratuitas, mentorias e queremos nos aproximar daqueles que ainda estão inseguros. Não tenham receio de trabalhar com o mundo digital”, disse.

Os empresários interessados em contratar as consultorias ofertadas pela instituição podem entrar em contato pelo 0800 570 0800, acessar o site www.lojasebraedf.com.br, ou o link http://bit.ly/sebraeconsultorias2021 em seu computador ou smartphone.

A consultora em proteção de dados e especialista em LGPD Mari de Toledo, primeira palestrante a falar durante o evento, trouxe uma série de informações e dicas para que os micro e pequenos empresários possam se adequar. Segundo ela, a LGPD é a maior lei de impacto mercadológico desde a criação do Código de Defesa do Consumidor (CDC). "Atualmente, é impossível ter uma empresa sem seguir o CDC e, com o passar dos anos, a LGPD será como o código, pois, atualmente os dados são a base de tudo", afirmou a consultora.

Na avaliação da especialista, é necessário que as empresas entendam que, quanto menor uma empresa for, mais barata e enxuta será essa adequação à LGPD. Para micro e pequenas empresas é possível começar a adequação sem gastar muito, sendo desnecessário contratar um consultor inicialmente. Basta realizar uma análise dos dados que a empresa já possui e se esses devem ser mantidos no sistema. Um segundo ponto após a filtragem desses dados é compreender até quando eles são fundamentais e necessários para empresa. O terceiro ponto abordado pela consultora foi a segurança desses dados, visto que a LGPD preza pelo cuidado com as informações, ou seja, os empresários precisam investir em um programa que aumente a confiança e a proteção dos dados, com senhas, cópias de segurança e um bom antivírus.

Por fim, Mari de Toledo destacou que também há necessidade de investir em transparência e eficiência ao tratar dados. “Mesmo sendo uma empresa pequena, a LGPD vai bater na sua porta. Por isso é importante preparar os funcionários, documentar tudo, pois não basta uma empresa estar adequada, ela precisa mostrar que está adequada à lei. Os empreendedores devem mudar o olhar. Muitos veem a LGPD como mais uma burocracia, porém, se você tem um outro olhar, a lei pode gerar uma melhor relação com seu cliente, e é uma chance de pensar na transparência e na confiabilidade do seu produto”, observou.

Sobre as possibilidades que a LGPD pode proporcionar para o mundo do marketing digital, Camila Renaux, consultora de marketing e duas vezes eleita a melhor profissional da área no Brasil, abordou que dentro de um mercado cada vez mais acirrado, é importante desenvolver habilidades e implantar mudanças que podem gerar uma experiência positiva para o cliente.

Segundo ela, por serem itens valiosos para a inteligência artificial, os dados têm uma maior aplicação prática no marketing, com o uso de algoritmos e a capacidade de prever e propor cenários através de dados. Para Camila, a LGPD aumenta as possibilidades de uma empresa desenvolver boas práticas com seus clientes e colaboradores. “Quando você cadastra seu cliente para receber um material, você aquece o coração dele e vende mais e melhor. Sai daquele lufar comum de ser chamado de marketing chato. Confiança gera valor. Você tem que ser tão bom que ninguém vai querer ignorar sua empresa e seu produto. Não é só uma lei, é um processo, uma atitude e a forma de como você faz seu comércio prosperar”, explicou.

O webinar contou, ainda, com a participação de Diego Almeida, especialista em proteção de dados pessoais do Sebrae Nacional. Ele salientou a importância da LGPD para o mercado e a necessidade de comprometimento dos empresários com a lei, além de reforçar a oferta de várias capacitações, cursos e palestras do Sebrae para que os donos de pequenos negócios possam se adequar à LGPD.

“Durante esse evento ouvimos muito sobre como a LGPD pode ser uma oportunidade para melhorar os pequenos negócios e obter vantagens em relação aos grandes. Nós do Sebrae pensamos a LGPD de uma maneira que possa auxiliar de forma simples os pequenos negócios. Essa simplificação da lei será lançada nos próximos meses e vai ajudar muito aos empresários. A LGPD é um caminhar, mais um ciclo dessa jornada que é empreender, e o Sebrae está aqui, para que possamos ajudar a construir uma empresa segura, transparente e que se preocupa com os seus clientes”, concluiu Diego.

O Sebrae pode ajudar a sua empresa a ficar por dentro da norma que estabelece parâmetros, direitos e obrigações no que se refere ao tratamento de dados pessoais no Brasil. Acesse: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/cursosonline/lgpd-a-sua-empresa-esta-preparada,368d00cac30a5710VgnVCM1000004c00210aRCRD    

 

Informações para a imprensa

Paulo César Gusmão Gomes

Gerente ASCOM – Assessoria de Comunicação

Fone: (61) 9288 0958
e-mail: paulo.gomes@df.sebrae.com.br                    

Christiane de Souza Gnone 

Fone: (61) 98128 2400 
e-mail: 
christiane@df.sebrae.com.br