VALORIZE O PEQUENO NEGÓCIO

Valorize o Pequeno Negócio atende mais de 1,4 mil pequenos empresários

Cinco cidades do DF receberam a iniciativa, que fez parte das celebrações do Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa

O Gama foi a quinta e última Região Administrativa (RA) do Distrito Federal a receber o Mutirão Valorize o Pequeno Negócio. A ação, que fez parte das comemorações do Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, foi realizada na sexta-feira, 4 de outubro, em frente à Administração Regional e também nos estabelecimentos comerciais espalhados pela cidade, distante cerca de 35 km do centro de Brasília.

A iniciativa começou a ser realizada na segunda-feira, 30 de setembro, em Planaltina, e também visitou o Recanto das Emas, Taguatinga e Ceilândia. O objetivo era permitir que a comunidade local, em especial os micros e pequenos empresários, pudessem acessar os serviços e soluções que são oferecidos pelo Sebrae no Distrito Federal, como a realização de orientações, capacitações em gestão empresarial e consultorias, além de promover um trabalho de pesquisa para identificar as necessidades dos pequenos negócios. “É importante conhecermos os problemas dos pequenos empresários de nossas cidades e estar cientes da expectativa que eles têm em relação ao Sebrae para que possamos definir melhor a nossa estratégia de atuação”, analisou o superintendente da instituição, Valdir Oliveira.

O gerente de Atendimento Personalizado do Sebrae no DF, Ricardo Robson, ressaltou o número de atendimentos realizados. Durante os cinco dias, mais de 1,4 mil micro e pequenos empresários foram atendidos e deram uma contribuição fundamental para que o Sebrae no DF, juntamente com Unidade Nacional, possa elaborar novas estratégias possibilitem o crescimento do setor. Atualmente, os pequenos negócios representam 14 milhões de empreendimentos, ou 99% do total de empresas privadas instaladas no país. Esses negócios empregam 55% do total de trabalhadores com carteira assinada e são responsáveis por quase um terço do PIB brasileiro.

Para o administrador regional do Gama, José Elias de Jesus, a cidade tem um grande potencial comercial e que pode ser alavancado com a presença do Sebrae e a oferta de capacitações. “Surgem, em média, quatro mil micros e pequenos empreendedores em nossa cidade a cada ano. Desse total, cerca de 40% abandonam o mercado em pouco tempo, por falta de conhecimento. Diante disso é necessário ter o Sebrae ao nosso lado”, comentou Elias.

Responsável por gerenciar a empresa da família que funciona na Feira Permanente do Gama há mais de 30 anos, Leonardo Souza foi um dos empresários a receber a visita dos colaboradores do Sebrae. O empreendedor já participou de vários cursos junto ao Sebrae que, segundo ele, foram vitais para a sustentação da loja no mercado brasiliense. “Muita gente abre um negócio mas não tem noção de como direcionar aquilo no dia a dia. Já fiz cursos de atendimento ao cliente, gestão e vendas. Por isso, posso garantir que o Sebrae foi fundamental para que o negócio da minha família estivesse aberto até hoje”, concluiu Leonardo.

Pequenas empresas em grandes realizações

Além da peregrinação pelas cidades, o Sebrae apoiou a realização de três grandes eventos no Distrito Federal. O primeiro foi o Innova Summit, considerado o maior evento de estímulo à inovação e à tecnologia do país, realizado entre os dias 3 e 5 de outubro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, com a presença de 6,5 mil pessoas. A instituição apoiou a participação de 180 empresários de pequeno porte, que puderam acessar conteúdos apresentados por referências de mercado e que têm o objetivo de posicionar o Brasil como protagonista em inovação e tecnologia na América Latina.

Durante o evento, o Sebrae também foi parceiro na realização de dois hackathons em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB). Ao todo, 30 pessoas participaram de 23 horas da imersão, que teve como objetivo desenvolver soluções para os micros e pequenos negócios e codependentes químicos.

A instituição também marcou presença na 24ª edição do Brasília Capital Fitness, feira que reuniu adeptos do estilo de vida saudável e empresas do segmento de saúde e bem estar, entre os dias 3 e 6 de outubro, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. Um estande institucional foi o espaço em que mais de 100 micro e pequenos empresários receberam orientações, participaram de capacitações e oficinas com temáticas voltadas para gestão empresarial. A instituição ainda apoiou a participação de 24 expositores durante a realização do evento.

As atividades terminaram no domingo, 6 de outubro, durante o Eixão Agro, realizado na altura da entrequadra 208/209 Norte. A iniciativa que chegou à sua quarta edição, atraiu mais de 10 mil pessoas e permitiu ao cidadão da zona urbana do DF ter contato direto com o que é produzido na área rural, conhecendo técnicas de cultivo, produção e ainda adquirindo produtos a preços mais baixos que os encontrados nos grandes mercados e hortifrútis da cidade. Assim como em outras realizações, o Sebrae apoiou a participação de 80 pequenos produtores rurais e empreendedores que atuam nas cadeias produtivas da agroindústria, floricultura, artesanato e turismo rural.

Ainda durante a realização, o Sebrae reuniu autoridades do governo e os produtores presentes para celebrar o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa e reforçar a importância do setor para o avanço socioeconômico do país.

Informações para a imprensa

Paulo César Gusmão Gomes

Gerente ASCOM – Assessoria de Comunicação

Fone: (55 61) 3362.1659 / 9288 0958
e-mail: paulo.gomes@df.sebrae.com.br                                          

Christiane de Souza Gnone 

Fone: (55 61) 3362.1659/ 98128 2400 
e-mail: christiane@df.sebrae.com.br

Tags: Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, Sebrae no DF, Valorize o Pequeno Negócio