SEBRAE INOVA DIGITAL 2021

Sebrae Inova Digital 2021 vai promover debate sobre a sustentabilidade nos negócios

A produtora de orgânicos Renata Rebouças contribui com a preservação do planeta através da economia circular

Associar desenvolvimento ao melhor uso de recursos naturais ainda é considerado um desafio para milhares de donos de micro e pequenas empresas. No entanto, para a produtora de alimentos orgânicos Renata Rebouças, esse cenário já é mais que uma realidade. A paulistana radicada no Distrito Federal desde 2010 é proprietária da Cerrado Orgânico, uma agroindústria que segue o modelo de filosofia proposto pela economia circular e tem investido na fabricação de produtos de panificação e também em conservas de alimentos artesanais e sem adição de conservantes químicos.

A sede da Cerrado Orgânico está localizada em uma propriedade rural próxima à Santa Maria e, desde outubro de 2020, recebe resíduos orgânicos como restos de frutas, legumes e verduras não comercializados por pelo grupo Big Box.

As matérias orgânicas chegam à agroindústria gerida por Renata por meio uma parceria. Antes, no entanto, uma empresa que atua na área de gestão de resíduos realiza uma triagem e destina à propriedade somente os resíduos que podem ser utilizados para a prática de compostagem, processo biológico na qual é possível obter adubo natural para ser usado na agricultura, em jardins e plantas, substituindo o uso de produtos químicos nocivos à saúde e, ainda, contribuindo para a sustentabilidade do planeta.

“Ao realizar a compostagem, trabalhamos perfeitamente o conceito de economia circular. Oferecemos uma nova destinação a um material que possivelmente iria para um pátio de transbordo onde, junto a outros elementos, emitiria toneladas de gás carbônico para a atmosfera. Graças a esses resíduos orgânicos terei um fertilizante de excelente qualidade e isso refletirá nos alimentos que produzo em minha propriedade”, explica Renata, que também prevê uma economia nos custos de sua agroindústria, já que não precisará comprar adubos orgânicos.

Em todas as regiões do mundo existem milhares de exemplos como o da produtora. São pessoas que utilizam tecnologia e inovação para contribuir com a preservação dos recursos naturais disponíveis, promover consciência coletiva e garantir a existência de gerações futuras sem deixar, é claro, de pensar na economia.

Para tanto, é necessário conscientizar governos, organizações e indivíduos. Por isso, a programação do Sebrae Inova Digital 2021, que ocorre entre os dias 23 e 25 de novembro, de forma virtual e gratuita, abordará o assunto de forma transversal e com exemplos práticos de como aplicar a sustentabilidade no mundo dos negócios.

O Sebrae Inova Digital tem o objetivo de inspirar micro e pequenos empresários, além de potenciais empreendedores, a desenvolverem estratégias sólidas capazes de impulsionar o crescimento ou ideia de negócio. O evento contará com a participação de especialistas renomados, nacional e internacionalmente, que irão compartilhar conteúdos valiosos acerca de temas como a era da hiperconectividade e o poder da influência no século XXI; comunicação e liderança participativa para engajar pessoas e empresas; novos rumos tecnológicos e empreendedorismo digital.

As inscrições para participar do evento já estão abertas e podem ser feitas por meio da internet, em www.sebraeinovadigital.com.br.

 

Informações para a imprensa

Paulo César Gusmão Gomes

Gerente ASCOM – Assessoria de Comunicação

Fone: (55 61) 3362.1659 / 9288 0958
e-mail: paulo.gomes@df.sebrae.com.br  

Christiane de Souza Gnone 

Fone: (55 61) 3362.1659/ 98128 2400 
e-mail: christiane@df.sebrae.com.br