Oficina discute ações para desenvolver o Turismo de Negócios e Eventos do DF

A atividade faz parte das ações do programa Investe Turismo e foi promovida na sede da Fecomércio/DF, no Setor Comercial Sul

Com o propósito de fortalecer e ampliar o número de eventos promovidos no Distrito Federal, o Sebrae no DF apoiou a realização da 1ª Oficina Participativa de Turismo de Negócios e Eventos. A iniciativa reuniu representantes do governo e da Cadeia de Turismo de Negócios e Eventos do Distrito Federal nesta quarta-feira, 5 de junho, na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio/DF), no Setor Comercial Sul.

A atividade foi idealizada em parceria com a com a Secretaria de Turismo do DF, a Câmara Temática de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio/DF, o Senac/DF e o Sindicato das Empresas de Promoção, Organização, Produção e Montagem de Feiras, Congressos e Eventos do Distrito Federal (Sindeventos/DF) e integra o programa Investe Turismo, solução idealizada pelo Ministério do Turismo, Embratur e Sebrae Nacional para alavancar o turismo em 30 rotas estratégicas em todo o País. Por meio do programa serão realizados investimentos, ações de incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhorias de serviços voltados para o setor de turismo em quase 160 municípios brasileiros.

A diretora de Administração e Finanças do Sebrae no DF, Rose Rainha, esteve presente à abertura da oficina e salientou os resultados que o Investe Turismo proporcionará para o DF. “Grande parte das empresas de turismo instaladas em nosso território são de micro e pequeno porte e isso explica a proximidade do Sebrae com outras instituições e o governo. Nossa prioridade é que os empreendimentos que integram essa cadeia produtiva evoluam e possam captar mais eventos para a nossa cidade e consequentemente aquecer outros estabelecimentos brasilienses”, afirmou a diretora.

Em seguida, a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, comentou que o governo tem se empenhado e conversado diariamente com representantes do segmento de turismo e eventos do DF com a expectativa de preparar iniciativas que façam com que o DF se torne um palco mais atrativo para a realização de eventos. “Criamos uma unidade de captação de eventos dentro da secretaria e desde então estamos conversado com os empresários do setor para que possamos definir um plano comercial que atraia grandes realizações para a nossa cidade. Precisamos, por exemplo, fazer um vídeo que transmita a mensagem que o DF está pronto para acolher eventos de todos os portes”, disse Vanessa.

O presidente da Fecomércio/DF, Francisco Maia, reforçou a importância de as instituições unirem forças com o governo para que o setor de eventos estimule a geração de emprego e renda na região. “Fico muito feliz em ver as forças se aglutinando em prol de benefícios para o DF. Nossa cidade é maravilhosa, com amplos espaços e nós temos que aproveitar esse cenário. Precisamos investir em turismo de negócios e encher essa cidade de grandes eventos”, acrescentou Maia.

A especialista em Consultoria Turística e em Relações e Negócios Internacionais, Vaniza Schuler foi a responsável por conduzir o andamento da oficina. Durante todo o dia ela apresentou conceitos, panoramas, desafios e tendências sobre a captação de eventos mundo afora. Segundo ela, “é preciso proporcionar interação e bem-estar por meio de ambientes integrados que alinhem sustentabilidade e responsabilidade social para promover experiências memoráveis e, assim, conseguir atrair grandes eventos”.

Na avaliação da gestora do Projeto Brasil Central Turismo do Sebrae no DF, Nathália Hallack, o conteúdo compartilhado pela especialista será fundamental para os objetivos do segmento de eventos brasiliense. “Apresentamos como está a captação de eventos no DF; onde queremos chegar e o que fazer para melhorar esse processo. A partir desta primeira oficina, será criado um Plano de Ação que dará forma à iniciativas – capacitações e estratégias de captação – que serão realizadas junto a atores público e privados, sempre concatenadas ao propósito de fortalecer e ampliar o número de eventos promovidos em nossa cidade”, explicou Nathália.

O presidente do Sindeventos/DF, Luís Otávio Neves, comemorou a realização da oficina. Segundo ele, reunir empresários, discutir e propor avanços é essencial para instituir novas formas de captação de eventos para Brasília. “É preciso compreender como o restante do mundo está trabalhando com a captação de eventos para aperfeiçoarmos as nossas técnicas aqui no DF. Reunimos empreendedores, lideranças do setor e do governo e, a partir de agora, trabalharemos de forma singular para potencializar o mercado de eventos no DF”, concluiu Neves.

Uma das ações já estabelecidas para desenvolver o segmento é a consolidação de um Clube de Negócios, que reunirá empresas prestadoras de serviços com organizadores de evento.

Informações para a imprensa

Paulo César Gusmão Gomes

Gerente ASCOM – Assessoria de Comunicação

Fone: (55 61) 3362.1659 / 99288 0958
e-mail: paulo.gomes@df.sebrae.com.br

Christiane de Souza Gnone 

Fone: (55 61) 3362.1659/ 98128 2400 
e-mail: christiane@df.sebrae.com.br

 

Tags: Sebrae no DF, Turismo Inteligente, Evento