INDÚSTRIA MOVELEIRA

Empresários moveleiros participam de seminário sobre estratégias e tendências

Especialistas apresentaram conteúdos valiosos para atender as necessidades atuais e futuras de empresários do setor

Micro e pequenos empresários do setor moveleiro do Distrito Federal e de todo o país acompanharam, na noite da última segunda-feira, 19 de abril, a realização de um seminário que apresentou estratégias e tendências para que os empreendimentos do setor se tornem mais competitivos e sustentáveis no mercado. A realização foi promovida pelo modo virtual Sebrae no Distrito Federal com apoio da Promob, empresa que oferece soluções em softwares para o setor, e do Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do DF (Sindimam).

A gestora da Cadeia de Casa e Construção do Sebrae no DF, Gabriela Ribeiro, deu as boas-vindas aos participantes e explicou que o seminário foi pensado para atender as necessidades atuais e futuras dos empresários que atuam no setor. “Buscamos trazer um olhar de presente e futuro. As informações que serão abordadas; os dados que serão compartilhados, são importantes e devem ser observados por vocês, empresários, na estratégia de suas empresas. Trouxemos, também, especialistas para falar de soluções para um dos gargalos atuais do mercado, a escassez de material e de mão de obra”, pontuou.

Gabriela ainda reforçou aos empresários que o Sebrae oferece um rol de soluções individuais, que podem ser solicitadas e adaptadas para atender às necessidades e à realidade de seus empreendimentos.

O presidente e a primeira vice-presidente do Sindimam, Daniel Gomes, e Rosana Aparecida também deram as boas-vindas aos empresários na abertura da transmissão. Eles comentaram acerca da parceria do sindicato com o Sebrae e da busca que o empresariado do setor tem realizado por soluções. “Por meio desse evento será possível que alguns empresários encontrem soluções para problemas que enfrentam e ainda diretrizes para ações futuras”, reforçaram.

O designer, consultor e professor de antropologia do consumo, pesquisa de tendências e design thinking Hugo Grippa foi quem deu início à partilha de conhecimento. Ele apresentou dados atualizados e tendências, sobretudo as que foram aceleradas com o início da pandemia da Covid-19. Hugo observou que o ambiente domiciliar passou a ser cenário de grande uso em 2020, que continua a ser em 2021 e que nesse âmbito surgiram tendências que podem ser aproveitadas pelo setor moveleiro.

Ele mostrou que no último trimestre do ano passado houve um aumento superior a 8% na produção industrial de móveis no país em relação ao mesmo período de 2019, e falou da importância de o empresário se ater a dados de mercado para elaborar estratégias de ação para o seu empreendimento. “É muito importante acompanhar dados para tomar decisões estratégicas, saber que caminhos tomar. O empresário não pode adotar decisões pelo achismo, pelo feeling”, observou.

Na sequência, o CEO da empresa Projette Móveis, Leandro do Nascimento, foi quem falou aos participantes do seminário. Ele resumiu sua trajetória, desde a época em que trabalhava na marcenaria de sua família até os dias atuais, em que está à frente de suas empresas, que inclui ainda uma escola de formação que capacita projetistas moveleiros para atender ao mercado distrital.

O empresário citou as dificuldades que enfrentou em sua trajetória no setor e salientou o apoio que o uso de tecnologia tem oferecido ao seu empreendimento. A marcenaria de Leandro dispõe de um software, que associado a uma máquina permite cortar uma peça em madeira da melhor maneira possível, evitando desperdícios de materiais e até mesmo a necessidade de mão de obra, que está escassa no mercado moveleiro atualmente. Em meio ao depoimento, Leandro também deu dicas para quem está iniciando e para quem já atua no setor.

Por fim, os empresários participantes do seminário puderam ouvir o consultor especialista em temas como planejamento e controle de produção, implantação de controle de qualidade e desenvolvimento de layout fabril, Marcos Boch. Ele comentou sobre desafios para aquisição de insumos em meio à pandemia, citando a alta no consumo e a baixa nos estoques de matéria-prima, como MDF e MDP, e também falou sobre como utilizar um otimizador de corte para produzir de modo mais assertivo e reduzir os impactos da falta de insumos no setor moveleiro.

No encerramento do seminário, o superintendente do Sebrae no DF, Valdir Oliveira, também falou aos participantes sobre o trabalho conjunto que a instituição realiza ao lado do Sindimam. Ele comentou sobre o impacto que a pandemia tem causado em vários setores e incentivou os empresários a aproveitar as soluções que são oferecidas para tornar seus empreendimentos mais competitivos e sustentáveis no mercado.

 

Informações para a imprensa

Paulo César Gusmão Gomes

Gerente ASCOM – Assessoria de Comunicação

Fone: (55 61) 3362.1659 / 9288 0958
e-mail: paulo.gomes@df.sebrae.com.br                                       

Christiane de Souza Gnone 

Fone: (55 61) 3362.1659/ 98128 2400 
e-mail: christiane@df.sebrae.com.br